Vice de Emerson Leônidas diz que direção da OAB não garante isonomia nas eleições

Vice de Emerson Leônidas diz que direção da OAB não garante isonomia nas eleições

A OAB em desordem total

Por Fabiana Leite, em artigo enviado ao Blog de Jamildo

PUBLICADO EM 01/11/2015 ÀS 17:10 POR EM NOTÍCIAS

                 A atual direção da OAB vem, é público e notório, utilizando a entidade como trampolim eleitoral e em benefício do fechado grupo dirigente.

Os recursos arrecadados dos advogados foram largamente utilizados para promover a candidatura da situação através de uma descarada propaganda personalista.

Todos sabem que a legislação proíbe a divulgação pessoal de gestores de qualquer nível com recursos públicos. Tal prática configura crime, várias vezes punido severamente pela justiça.

Ora, por quê com os recursos da Ordem seria diferente? Toda a propaganda da instituição deveria respeitar os princípios da moralidade e da impessoalidade.

É o que de menos se espera de uma entidade que deveria ser guardiã das instituições e modelo das boas práticas de gestão.

Esse é um compromisso da nossa chapa, liderada por Emerson Leônidas.

Pois bem, como se a acintosa farra propagandística do candidato situacionista já não tivesse ultrapassado todos os limites, chegamos ao terreno do inacreditável.

A cerimônia de formatura dos novos advogados, nesta sexta-feira, representou um dos mais vergonhosos e lamentáveis momentos de toda a história da Ordem.

Uma mega espetáculo promocional, com filmes de exaltação e, pasmem, com a presença na mesa do candidato oficial. E mais: com direito a usar da palavra por longo tempo exaltando suas realizações e suas supostas qualidades.

Será que a situação que comanda a OAB não sabe o que é isonomia?

Desconhece que, num processo de disputa, assim determina a lei, todos os candidatos têm direitos iguais?

Os 500 jovens que foram manipulados no triste episódio podem chegar por si mesmos à conclusão inevitável: quem usa desses métodos carece de condições éticas para nos representar?

É isso que queremos para a Ordem?

É isso que queremos para o Brasil?

Com a palavra e o poder do voto, os advogados e advogadas de Pernambuco.

Fabiana Leite é professora e advogada cível, vice-presidente da chapa Sim para a Nova Ordem-20.